Um menino de 7 anos decide usar as suas economias para ajudar os idosos do seu bairro a fazerem compras

A epidemia mundial de Covid-19 é uma praga com a qual devemos lidar diariamente, na esperança de poder voltar a um certo tipo de “normalidade” o mais rápido possível. Enquanto isso, devemos ficar em casa e garantir que nossos entes queridos mais vulneráveis estejam seguros. Quando Cavanaugh Bell, um menino de 7 anos, percebeu que sua doce avó de 74 anos estava entre as “pessoas em maior risco”, ele imediatamente pensou em ajudá-la fazendo compras pessoalmente. A avó, que é sua melhor amiga, não podia absolutamente arriscar de pegar o Coronavírus fazendo as compras. Os pensamentos do pequeno Cavanaugh, no entanto, começaram a galopar: o jovem percebeu que, assim como a avó, há muitas pessoas idosas que não têm ninguém para fazer compras para elas. A solução para Cavanaugh era simples: ele faria isso por eles!

A mãe de Canavaugh viu o desespero do filho quando ele percebeu que havia outros idosos, como a avó, que precisavam de ajuda. A mãe então perguntou se ele gostaria de usar parte do dinheiro que havia economizado até agora, entre presentes de Natal e aniversários, para fazer algumas boas ações: “Quanto você gostaria de usar, de 50 a 100 dólares?”. A criança intrépida respondeu que queria usar todas as suas economias: US$ 600 para ajudar os idosos do bairro. Em suma, Cavanaugh não se arrepende de doar suas economias por uma causa justa.

“Queria que saibam que eu estou aqui para ajudá-los”, disse o menino

Com esses US$ 600, o garoto conseguiu levar cerca de 100 pacotes cheios de comida para serem entregues aos idosos do bairro. Com o pouco dinheiro que sobrou, Cavanaugh preferiu oferecer algumas refeições quentes a quem não pode pagar. A boa notícia é que o gesto de solidariedade desse menino empreendedor de 7 anos não terminou aqui: muitos ficaram sabendo da sua iniciativa e imediatamente pediram para participar. O resultado é que agora Cavanaugh, sempre ajudado por sua mãe, recebe várias doações com as quais pode fazer compras para o bairro e para quem mais precisa. A idéia é continuar ajudando milhares de pessoas até o fim da pandemia… ou pelo menos até o dinheiro acabar.

Muito bem! 

Um comentário em “Um menino de 7 anos decide usar as suas economias para ajudar os idosos do seu bairro a fazerem compras

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *