A emocionante história do homem que valorizava mais o dinheiro do que a família.

Um rico homem de negócios era proprietário de diversos apartamentos.

A cada semana, o homem ia em um prédio diferente para controlar que tudo estivesse perfeito.

Portanto, um dia, foi um deles e visitou os vários andares. Como sempre, os condôminos estavam ali para cumprimentá-lo mostrando respeito e reverência por ele.

Do mesmo modo, quando terminou a sua visita, deixou com orgulho o seu grande edifício.

Logo após, esperando por ele havia um carro de luxo, mas naquele dia outra coisa chamou sua atenção. Do lado do carro tinha um garoto com uniforme do trabalho.

Apoiado em uma velha bicicleta, o garoto estava comendo um pedaço de pão.

Então, o homem rico ficou impressionado com a sua expressão:

A princípio, o garoto sorria e parecia muito feliz.

”Nossa que motivo tem para ficar tão feliz?” perguntou em tom desdenhoso o empresário.

”Estou feliz por esta velha bicicleta que consegui arrumar”, respondeu o garoto.

”E essa para você é felicidade? Você fica feliz com tão pouco?” perguntou o homem.

”É estranho te encontrar exatamente hoje”, adicionou o garoto.

Esta noite sonhei que um velho sábio me dizia:

O homem mais rico da cidade esta noite será roubado”.

”Se este velho sábio tem razão, esta noite terei que ficar atento” disse o empresário entrando no carro.

Afinal, o sonho que o garoto contou o deixou na verdade muito intrigado.

Antes de tudo, voltando para seu luxuoso apartamento. O homem colocou imediatamente o alarme, mas pensou que não fosse o suficiente.

Então, chamou dois homens e os pagou para que ficassem na frente da sua casa fazendo a segurança.

Naquela noite, o empresário não foi roubado.

Algumas semanas depois, o homem encontrou novamente o garoto e disse:

”O garoto…O velho sábio do qual você tinha me falado não tinha razão: Naquela noite eu não fui roubado.

Mas o que aconteceu com a sua bicicleta? disse o homem.

”Infelizmente naquela noite me roubaram a bicicleta”, disse o garoto triste.

Afinal, muitas vezes a gente pensa que a riqueza se meça só com o dinheiro e posses.

Mas subestimamos o que quer dizer viver tranquilos consigo mesmo. Quem vive com a ansiedade de acumular e de defender os seus pertences…

Não quer dizer que seja mais feliz, não!

Por que a verdadeira riqueza consiste em ser feliz com o que temos. Não importa o que seja.

E em apreciar os afetos e as pequenas alegrias de todos os dias.

Afinal, o dinheiro ajuda, sim… Mas com o dinheiro você não pode comprar um sorriso!

Autor: desconhecida- Adaptação: Fabio Nunes.