Quando uma mulher decide ir…


Quando uma mulher toma a decisão de abandonar o sofrimento, de dizer: “deu, agora chega”, esse é um ponto final.
Chega de se enganar, de se submeter a alguém que só a faz ter decepção. Quando ela se empodera da sua própria escolha, aí não adianta mais. Não adianta você querer fazer tudo, só depois de ter deixado tudo esfriar.
Ela não é a culpada, ela sempre esteve ao seu dispor.

A mulher foi forte em suportar tudo, foi forte em querer ficar quando sentia que era para ir… Ela foi forte em contrariar tudo e todos em nome do amor que ainda existia dentro do seu coração. Foi forte cedendo sempre quando sua vontade era de partir e nunca mais voltar. Ela aguentou calada todas as palavras fortes que ouviu e nunca contou para ninguém. Tudo doía em sua alma, tudo.

Mas depois de um certo ponto, ela precisa tomar uma decisão sem volta. Precisa encerrar esse ciclo de sofrimento, mentiras, desvalorização, desamor em que ela mesma insistiu em ficar. Ela precisa fechar as portas do seu coração que ela mesma abriu.
E não pense você que essa decisão tem volta, não pense que com jogo de palavras, de chantagem, você vai convencê-la a voltar atrás, porque ela não vai. Ela já cedeu muito, já falou muito, já insistiu demais e ele não a levou a sério. Não adianta mais querer dar flores, nem mil exércitos irão convencê-la a voltar.

Quando uma mulher decide ir, é um caminho sem voltas.

Preste atenção, antes de tudo ela avisa, fala, insiste, chora. Ela pensa mil vezes antes de partir, então, não espere que o amor vá embora, valorize hoje, veja os sinais. A mulher só quer que ele a ouça, ela quer o seu carinho, sua atenção, quer ter você em plenitude.
Se ainda tem essa pessoa ao seu lado, faça renascer esse sentimento adormecido, leve-a para um jantar, ressignifique esse relacionamento. Não caia na armadilha do comum.
Hoje em dia é comum os homens não serem cavalheiros, mas não é normal. É comum os homens não ouvirem suas companheiras, mas não é normal. É comum casais discutirem toda hora, mas não é normal.
Pare de viver como solteiro se é comprometido, leve a sério sua aliança, porque pode levar tempo, mas chega uma hora que ela vai cansar, e aí será tarde demais.
Autor: Fabio Nunes motivação